Novo espaço para se pensar e discutir a dinâmica do mercado e das marcas de luxo, dos produtos e serviços com alto valor agregado e para todos aqueles que se interessam pelos temas do consumo e novas tendências, moda e estilo, design, branding e marketing. O crescimento e a valorização do luxo é uma questão central do consumo contemporâneo e faltam especialistas e espaços para discutir este tema com seriedade.

Thursday, October 19, 2006



Areias temperadas pela Suécia

“Vender é bacana. As marcas de luxo não podem ter medo de vender”, proclama Gustavo Clauss, responsável pelas operações da marca sueca Absolut no país. Clauss quer ganhar volume e está dando a largada no plano de expansão da vodca que vende cerca de cinco milhões de caixas nos Estados Unidos, mas é ainda uma marca de nicho no Brasil. “Desejamos um crescimento de três dígitos”, turbina ele. Para isso, o líder de projetos da Absolut no país aposta na mudança da tradicional embalagem da vodca. Nessa semana, só o Brasil começa a receber a famosa garrafa da Absolut na nova versão de 1 litro — a categoria das vodcas utiliza embalagens de 750 ml. “Essa é uma maneira de trabalhar com as cifras nas marcas premium. Você não pode baixar o preço, mas pode oferecer mais pelo mesmo valor”, ensina Clauss, que tem dez anos de experiência no marketing de destilados em Nova York e Londres. Além de mexer com a embalagem da categoria, ele quer ainda multiplicar as ocasiões de consumo de seu produto. Do dia 24 ao dia 28 de fevereiro, decreta uma operação de guerra. Vestirá barracas de oito pontos das praias de Ipanema, Leblon e Barra com as cores do novo sabor “Absolut Apeach” (de pêssego) e equipes devidamente uniformizadas venderão caipiroscas feitas com o produto nas areias do Rio de Janeiro. “A marca tem de estar onde o povo está”, diz ele, que planeja ainda uma ação de venda no Sapucaí. " Angela Klinke e Luciana Stein (Valor Econômico 16/02/2006).

3 Comments:

Blogger elaine said...

ótima estratégia. Concordo plenamente....n pode-se diminuir o valor $$$, mas pode se agregar mais.

5:05 AM

 
Blogger Kebaz said...

N tinha conhecimento que esta vodka n era bem escoada no brasil.
De qualquer das formas, penso que é inteligente a forma como esta estretégia foi conseguida. Principalmente porque vai tomar a forma de caipiroska, e essas... sao irresistiveis.

4:38 PM

 
Blogger Otto said...

Muito inteligente e legal a estatégia. Mkt de guerrilha bem planejados são muito funcionais. =.)

8:03 AM

 

Post a Comment

<< Home